quarta-feira, 20 de novembro de 2013

O essencial do cristianismo - 4

Teófilo:
Aqui está o essencial, o caroço, o núcleo do cristianismo: em Jesus de Nazaré Deus mesmo Se fez pessoalmente humano, parte deste mundo. Ele veio nos trazer a Vida de Deus, da qual precisamos para viver a Vida divina já nesta vida e ter a Plenitude da comunhão com Deus no mundo que há de vir.

Juliano:
E para vocês, cristãos, como Jesus fez isto? Qual o mecanismo? Como funciona? Como devo compreender que essa Vida divina, essa Energia chega até mim e chega ao universo?

Teófilo:
Primeiro é preciso compreender que essa Energia, essa Vida divina, Essa Glória, essa Seiva, esse Poder divino tem um nome: Espírito! E como nós cremos que esse Espírito é Deus, chamamos Espírito “Santo” – só Deus é Santo! A pregação dos Apóstolos, que as Escrituras nos guardaram e transmitem, nos diz isto: o Deus Único – absolutamente UM e Único – , Deus de Israel, o Deus dos judeus, é Pai, Filho e Santo Espírito. Pois bem: cremos que o Filho Jesus Se fez humano, com vida humana igualzinha à nossa, de corpo humano e alma humana, para, como humano, ser cheio do Espírito Santo, da Energia divina e, assim, nos energizar de Deus, nos divinizar, nos dar a semente daquela Plenitude de que lhe falei... É assim que somos salvos, é assim que teremos a Plenitude: recebendo a Vida do próprio Deus! Somos cristãos para receber a Vida, a Energia divina que Jesus nos trouxe!

Juliano:

E como Jesus fez para dar a vocês essa Vida, esse Espírito Santo? E como pode dar essa Energia ao universo todo? É meio irreal isso, não é não?


2 comentários:

  1. Eu gosto muito daquela frase que diz assim: Jesus se humanizou, para nos divinizar, por isso peçamos ao nosso Salvador que nos dê o Divino Espírito Santo.

    ResponderExcluir
  2. Bom Dia Dom Henrique...

    Bem, mais do que Juliano curioso em perguntar: "E como Jesus fez para dar a vocês essa Vida, esse Espírito Santo? E como pode dar essa Energia ao universo todo? É meio irreal isso, não é não?", eu paraliso-me mesmo é diante já do dom, da graça, do Espírito Santo recebido...
    Aquela coisa: "quem muito é dado, muito lhe será cobrado".
    E isso é bem real.

    A Paz meu caro Dom Henrique
    =)

    ResponderExcluir

Caro Irmão, serão aceitos comentários que não sejam ofensivos nem desrespeitosos.