sábado, 9 de novembro de 2013

Algumas anotações sobre a Trindade - 1



Cremos em um só Deus - Pai, Filho e Espírito Santo - Criador das coisas visíveis - como este mundo, onde se desenrola nossa vida passageira -, Criador das coisas invisíveis - como são os puros espíritos, que também chamamos anjos -, Criador igualmente, em cada homem, da alma espiritual e imortal (Credo do Povo de Deus - Paulo VI, 1972).

Tantas vezes escutamos a afirmação que o Deus dos cristãos é o mesmo Deus dos judeus e dos muçulmanos. É verdade até certo ponto. Os cristãos receberam dos judeus a fé no Deus único: “Ouve, ó Israel, o Senhor nosso Deus, o Senhor é UM!” (Dt 6,4). Esse é o Deus que tudo criou, que Se manifestou aos patriarcas, que deu a Lei e guiou Israel. É o mesmo Deus a Quem os muçulmanos chamam Alá (= Deus, em árabe). Deus eterno, infinito, onipotente, santo, mais além e mais aquém de tudo, que tudo penetra e tudo sustenta e dá consistência. Deus é um: não pode ser dividido nem multiplicado; Dele nada se pode subtrair, a Ele nada se pode acrescentar, Nele nada há de mutável! Esta percepção de Deus é totalmente partilhada por judeus, cristãos e muçulmanos.
No entanto, nesta unidade perfeita, santa e absoluta, habita um mistério surpreendente: este Deus absolutamente único, perfeitamente único, simplesmente único, indivisivelmente único, é ao mesmo tempo eternamente Pai que eternamente gera de Si, de Sua própria substância divina, o eternamente Filho, numa eterna geração de amor, que não é algo, mas Alguém, chamado Espírito Santo: o Deus único é Gerante, Gerado e Geração!


Um comentário:

  1. Mistério Grandioso...
    Mistério Arrebatador...
    A Trindade nos revela não só o servir a Deus, senão também unir-se a Ele.
    E essa união/relação é tão inflexivelmente perfeita e tão flexivelmente atuante em níveis inconcebíveis para o que podemos conceber, apreender de fato...
    Gerante, Gerado e Geração!
    Pai e Filho e Espírito Santo...

    Toda Glória e Toda Honra...
    Amém.

    A Paz de Cristo, Dom Henrique.
    =)

    ResponderExcluir

Caro Irmão, serão aceitos comentários que não sejam ofensivos nem desrespeitosos.