sábado, 9 de novembro de 2013

Algumas anotações sobre a Trindade - 3

Cremos, portanto, em um só Deus – Pai, Filho e Espírito Santo! Um só é o Nome divino, acima de todo nome. Isto aparece no próprio modo como os cristãos invocam o seu Deus: nunca se diz “Em Nome do Pai, em Nome do Filho e em Nome do Espírito Santo”. Isto seria triteísmo, como se houvesse três pessoas divinas que são na verdade três deuses unidos infinitamente no amor e na comunhão. Esta não é e nunca foi e nunca será a fé da Igreja! Um só é o Nome divino, que não pode ser repetido nem multiplicado!

No Nome se exprime a Unidade infinita e nas Pessoas, a Trindade verdadeira, santa e consubstancial. Por isso mesmo, desde os primórdios, no momento do Batismo mergulhava-se o catecúmeno três vezes dizendo: “Eu te batizo em Nome do Pai ( e se mergulhava a primeira vez), e do Filho (segundo mergulho) e do Espírito Santo (terceira imersão). Mas, note-se: não se repete nunca o vocábulo “nome”! Uma advertência prática: existe um “Em nome do Pai, em nome do Filho, em nome do Espírito Santo estamos aqui... para louvar, agradecer...” Esta fórmula, além de totalmente antilitúrgica é herética! Rompe com a norma da linguagem do cânon trinitário e exprime uma concepção triteísta da santa e indivisa Trindade. Essa multiplicação de “nomes” rompe totalmente o equilíbrio da fé no Deus Triuno e deve ser totalmente rejeitada, pois agride de modo clamoroso a contínua Tradição orante herdada das origens da Igreja No dogma trinitário, qualquer alteração de terminologia leva, pouco a pouco, à traição do verdadeiro sentido da nossa fé!


3 comentários:

  1. Primeiramente Dom Henrique: 3 mergulhos no Sacramento do Batismo é de uma beleza indiscutível... (deu até vontade de ser batizada novamente, assim, com 3 mergulhos)

    Segundo: Uma advertência prática: existe um “Em nome do Pai, em nome do Filho, em nome do Espírito Santo estamos aqui... para louvar, agradecer...” Esta fórmula, além de totalmente antilitúrgica é herética! ( Não sabia, agradeço a advertência/informação dada)

    Terceiro: o Senhor, Dom Henrique, com essas anotações claras e límpidas da Trindade, nos brindou com uma Catequese de primeira classe.
    Do coração: agradeço.
    Por isso sempre digo: a religião contém pois o princípio saudável e indispensável da educação.
    Não podemos amar o que não conhecemos, e o que o senhor fizestes aqui foi dar a conhecer do que sentimos sede, falta, buscamos incessantemente, tantas vezes na porta errada...

    Mass in B minor:
    http://www.youtube.com/watch?v=woerWzPfjro

    É...
    Que Jesus cresça em idade, sabedoria e graça na nossa vida.

    A Paz.
    =)

    ResponderExcluir
  2. Um outro assunto... é permitido bater palmas na Sta Missa? Tenho dúvidas!

    ResponderExcluir
  3. Cara Aline Leal, irmã em Cristo Jesus, bom dia!
    Durante uma Santa Missa Celebrada pelo então Papa Bento XVI, nosso querido Papa Émerito, em visita pastoral a Aquileia e Veneza na Itália para uma multidão de fieis pertencentes a varias nacionalidades que lá estavam para acompanhar a posse de algumas Autoridades Eclesiásticas, durante a celebração enquanto os Bispos se apresentavam e beijavam a mão do Papa para receber a sua benção ouviam se aplausos e manifestações de apoio dos representantes de cada País ali representado, mas no momento em que a Santa Missa iria dar prosseguimento os locutores responsáveis pela organização do evento local entraram no ar falando ao microfone em diversas línguas apelando os fieis para que se aquietassem para a continuação da Missa e uma boa participação Litúrgica.

    http://www.youtube.com/watch?v=fxGNrTtB6KM#t=42

    PAZ E BEM!
    ANDRÉ

    ResponderExcluir

Caro Irmão, serão aceitos comentários que não sejam ofensivos nem desrespeitosos.