quarta-feira, 5 de março de 2014

Retiro Quaresmal - "Voltai para o Senhor! Rasgai o coração!"

Logo no início deste santo tempo de preparação para a Páscoa sagrada, o Senhor nos dirige Seu apelo, Sua advertência, pela boca do Profeta Joel:

“Voltai a Mim com todo o vosso coração! Rasgai o coração e não as vestes!”

Eis! O coração é o núcleo da pessoa, é o lugar onde ele diz “eu” e onde pode pronunciar ao Senhor “Tu”. Rasgar o coração é abrir-se, rasgar o coração é, de verdade, arrepender-se, colocando-se diante do Senhor Deus.

Mas, como é possível arrepender-se de verdade? Como poderemos nós, presos tantas vezes nos nossos interesses e egoísmos, tão ocupados de nós mesmos, reconhecer que somos deficientes diante do Senhor, reconhecer com sincera dor que somos pecadores e necessitamos de conversão? Isto somente nos será possível se o Altíssimo nos converter!

Por isso mesmo, a longa série das leituras do santo tempo da Quaresma começa com um apelo do Senhor: “Voltai a Mim com todo o vosso coração, com todo o vosso ser, com a inteireza toda da vossa vida, sem deixardes de fora um aspecto que seja! Quero-vos totalmente, totalmente para Mim! Sou um Deus ciumento!” - Ah, Senhor, se Tu nos chamas no profundo do coração, converter-nos-ás! Voltaremos, pesarosos, sinceros, a Ti e seremos salvos!

“Voltai!” Mudai de direção, mudai o rumo de vossa vida, o vosso modo de pensar, de agir, de julgar! Voltai para Mim! Fazei de Mim o critério, a referência, o Tudo da vossa vida!

Vede, Irmãos, que o Senhor nos deseja, faz questão do nosso amor, chama-nos a Ele! No início deste santo período, reconhece tu, reconheça eu o quando ando disperso, distante do Senhor! Reconheça eu que preciso voltar!

Compreendamos nós que a volta é urgente: para que ela fosse possível, o Senhor Deus entregou o Seu Único, o Amado: “Aquele que não cometeu pecado algum, Deus O fez pecado, isto é, fê-Lo vítima pelo pecado, por nós, para que Nele nós nos tornemos justiça de Deus”, isto é, retos diante do Senhor! Tu crês que Jesus é o Messias, o Deus feito homem por ti e pela humanidade? Crês que por ti e pela inteira criação Ele Se entregou à morte de cruz? Crês que o Pai tanto amou o mundo que entregou o Seu Amado Filho? Então, pensa na gravidade do pecado, na grandeza do amor de Deus por ti, na urgência da voltar para Ele!

Volta para o Senhor, reconhece neste Tempo que ora se inicia uma chance da misericórdia divina! “Como colaboradores de Cristo, nós vos exortamos a não receberdes em vão a graça de Deus! É agora o momento favorável, é agora o dia da salvação! Deixai-vos reconciliar com Deus”, esse Deus que vem a vós, que vos clama, que vos atrai porque vos ama e faz conta de vós e de vós tem ciúme de eternidade!

Neste início de Quaresma toma as armas:
o que tirará da comida durante os quarenta dias de penitência?
-  - o que acrescentarás à oração?
-  - o que fará de prática de caridade para com teu próximo?
- - que Livro da Escritura Santa lerás do início ao fim neste período?
-   - que vício, que mau hábito  combaterás na tua vida?

Eis as práticas, eis a justiça, eis a obra piedosa da Quaresma! Faze-a de coração contrito, faze-a com humildade, combate com coragem o combate da fé! Deixa de covardia! “Ficai atentos para não praticar a vossa justiça diante dos homens, só para serdes vistos por eles! Caso contrário não recebereis a recompensa diante do vosso Pai que está nos Céus!”

Caro Irmão, faça seu plano de Quaresma, com especial atenção ao vício que você escolherá para combater!
Vamos! Comecemos o caminho para a Terra Prometida da Páscoa!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro Irmão, serão aceitos comentários que não sejam ofensivos nem desrespeitosos.