quarta-feira, 12 de março de 2014

Retiro Quaresmal - Uma Palavra que tira o nosso coração do nada

VII dia da Quaresma – VI dia de penitência

Nesta terça-feira da I semana da Quaresma, o recorda a Israel a força da Sua Palavra (cf. Is 55,10-11). Como a água da chuva e da neva fecunda a terra e faz nascer a semente, assim também a Palavra que sai da boca do Altíssimo! Ela produz efeito na vida dos que a escutam!

Recordemos que “palavra”, em hebraico, diz-se “dabar”. Ora, “dabar” não é simples sopro de voz, que paz, diluindo-se no ar... “Dabar” é a palavra que exprime e faz acontecer aquilo que exprime, é palavra tornada coisa, palavra feita concretude! “Pela Palavra do Senhor os céus foram criados e as estrelas pelo sopro de Sua boca; Deus disse, e tudo foi feito; ordena e tudo se afirma!” (Sl 33/32,6.9). Assim, aparece claro em toda a Escritura Santa que a Palavra do senhor é onipotente, é criadora, é capaz de tirar tudo do nada, de gerar vida onde vida não há; a Palavra santa do Senhor pode transformar o deserto em pomar e a aridez em torrentes de água...

Agora, caro Irmão, olhe o seu coração... É um terreno, por vezes regado pela Palavra do Senhor, por vezes árido, quando fechado à Sua Palavra santa... Como anda a sua escuta da Palavra do Senhor?
Você realmente se deixa ferir pela Sua santa Palavra?
Guarda-a no coração, de modo que ela plasme a sua vida ou, ao invés, é um ouvinte desatento e esquecido?

Neste início de Quaresma, façamos o propósito de realmente abrir nosso coração teimoso à Palavra do Senhor. Sua Palavra é viva e eficaz, e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes... “Penetra até dividir alma e espírito, junturas e medulas. Ela julga as disposições e  as intenções do coração. E não há criatura oculta à sua presença. Tudo está nu e descoberto aos olhos Daquele a Quem devemos prestar contas” (Hb 4,12s).

Como o próprio Senhor recordou pela boca de Isaías Profeta, Sua Palavra é eficaz, é capaz de converter nosso coração, de fazer a vida brotar nele...

Eu não sei como anda sua vida, como está seu coração... Mas, uma coisa é certa: se você deixar-se plasmar pela Palavra que o Eterno lhe dirigirá nestes dias quaresmais, seu coração será replasmado e sua vida tomará novo vigor...

Façamos o propósito de não acolher em vão os apelos que o Senhor nos dirige! Oxalá possamos dizer como Jeremias: “Quando se apresentavam palavras Tuas, eu as devorava: Tuas palavras eram para mim contentamento e alegria do meu coração. Pois Teu Nome era invocado sobre mim, Senhor, Deus dos exércitos!” (Jr 15,16).
Isso mesmo! Que escutando a Palavra, que deixando-nos ferir por ela a ponto de ter por ela a vida replasmada, o Nome do Senhor, isto é, Sua santa Presença (Sua shekinah) esteja em nós, em nós repouse e nos transforme em Cristo Jesus! Assim, seremos libertados, arrancados verdadeiramente do Nada do pecado, do Nada do vazio dos ídolos, e viveremos na Verdade do Senhor. É da Palavra do Altíssimo que vivemos de verdade! Foi isto que Jesus nos afirmou no Domingo passado: "O homem não vive somente de pão..." Pão, aqui, é tudo que sustenta a vida, tudo quanto nos é precioso neste mundo, tudo quanto nos alegra o coração... Pão são meus bens, as pessoas às quais amo, pão é minha saúde, minha juventude, pão são meus bens, minha família, meu trabalho... Pois bem: "O homem não vive somente de pão! O homem vive de verdade de toda Palavra que sai da boca de Deus!" Eis a vida, eia a luz, eis a plenitude, eis a fecundidade da existência e o gosto do Céu já na terra: a Palavra de Deus em nós! E esta Palavra é Jesus, Verbo de Deu, pleno de Santo Espírito de Vida eterna!





Um comentário:

  1. Bonita reflexão essa de Dom Henrique, pois está cheia de sabedoria bíblica. Concordo plenamente com a mensagem e peço ao Divino Espírito Santo que me ilumine e guie nos caminhos do Senhor.

    ResponderExcluir

Caro Irmão, serão aceitos comentários que não sejam ofensivos nem desrespeitosos.