domingo, 20 de abril de 2014

Retiro Quaresmal - A Paixão segundo Mateus (última parte)

Tríduo Pascal: Sábado Santo – XL e último Dia de Penitência
Mt 27,62-66

62No dia seguinte, terminado já o dia de preparação do sábado, os sumos sacerdotes e os fariseus foram ter com Pilatos 63e disseram: “Senhor, lembramo-nos de que Este impostor, quando ainda estava vivo, disse: ‘Depois de três dias vou ressuscitar!’ 64Manda, portanto, assegurar o sepulcro até ao terceiro dia, para não acontecer que os discípulos venham roubar o corpo e digam ao povo: ‘Ele ressuscitou dos mortos!’, pois essa última impostura seria pior do que a primeira”. 65Pilatos respondeu: “Aí tendes uma guarda. Ide assegurar o sepulcro como melhor vos parecer”. 66Então eles foram assegurar o sepulcro: lacraram a pedra e deixaram ali a guarda.

Comentando:

Passou o sábado dos judeus... A primeira atividade dos sinedritas é pérfida: vão a Pilatos fazer intriga. Para eles Jesus não passa de um impostor! Querem evitar uma impostura maior: que surja o mito da ressurreição! Pilatos nega-lhes o pedido. Eles não têm seus próprios guardas sinedritas? Pois os levem...
Levam guardas deles mesmos, colocam-nos de vigia, lacram o sepulcro!
Está tudo garantido; não há erro:
Jesus morreu de verdade, pois Pilatos autorizou a retirada do corpo,
José de Arimateia viu a morte de Jesus e ele mesmo o sepultou,
as mulheres viram que ele fora sepultado, viram o lugar da sepultura e viram quando a grande pedra foi rolada.
Agora os guardas do próprio Sinédrio fazem guarda no túmulo, depois que este fora lacrado pelos próprios sinedritas...

Pronto! Tudo está seguro: Jesus está morto!
Seu cadáver lacrado para sempre...
Naquele túmulo ninguém poderia entrar; daquele túmulo ninguém poderia sair...

Mas, quem pode reter a Vida?
Quem pode limitar o poder amoroso de Deus?
Ah, lógica do mundo!
Ah, minha pobre lógica!
Ah, lógica de Deus!

Aqui termina, caro Leitor, o nosso Retiro Quaresmal, num túmulo lacrado... Os homens falaram, condenaram o Salvador... Agora, a última palavra cabe ao Santo, ao Eterno, Deus de Israel, a Quem Jesus chamava de Pai...
Que dirá Ele? Deus fala realizando...
Que fará Ele?


Desde já, Feliz Páscoa!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro Irmão, serão aceitos comentários que não sejam ofensivos nem desrespeitosos.