sexta-feira, 13 de março de 2015

Retiro quaresmal - sexta-feira da III semana

Retiro quaresmal - sexta-feira da III semana
"Assim fala o Senhor: “Dei esta ordem ao povo dizendo: Ouvi a Minha voz, assim serei o vosso Deus, e vós sereis o Meu povo; e segui adiante por todo o caminho que Eu vos indicar para serdes felizes.
Mas eles não ouviram e não prestaram atenção; ao contrário, seguindo as más inclinações do coração, andaram para trás e não para a frente, desde o dia em que seus pais saíram do Egito até o dia de hoje. A todos enviei Meus servos, os profetas, e enviei-os cada dia, começando bem cedo; mas não ouviram e não prestaram atenção; ao contrário, obstinaram-se no erro, procedendo ainda pior que seus pais. Se falares todas essas coisas, eles não te escutarão, e, se os chamares, não te darão resposta. Dirás, então: Esta é a nação que não escutou a voz do Senhor, seu Deus, e não aceitou correção. Sua fé morreu, foi arrancada de sua boca” (Jr 7,23-28).
Quão tristes, estas palavras do Profeta!
Meditemos hoje a partir delas, nesta sexta-feira de penitência.
1. Primeiramente, a atitude do Senhor: um Deus que Se preocupa com o Seu povo, que vem ao seu encontro e lhe dirige a Sua palavra, indica-lhe um caminho, um rumo na estrada da vida; um Deus que deseja caminhar com o Seu povo: Ouvi-Me, obedecei-Me e sereis felizes! Tereis verdadeiramente a vida!
Pense: o Senhor Deus continua a dirigir Sua palavra à Igreja e a você... Ele é um Deus vivo e vivificante, presente no mundo, atuante na nossa vida... Caminhar diante Dele, viver a vida em diálogo com Ele é viver de verdade.
2. Que resposta Israel dá ao Senhor? Que resposta eu e você damos? "Eles não ouviram e não prestaram atenção; ao contrário, seguindo as más inclinações do coração, andaram para trás e não para a frente!" Não ouvir: viver fechado em si, em seus pensamentos, em seu modo de ver, julgar, compreender... Viver como se Deus não existisse... Não prestar atenção: ter uma fé fria, sem real compromisso com o Senhor é Sua santa vontade, uma fé inútil, que não plasma realmente a vida. Seguir as más inclinações: o coração humano é quebrado, fragmentado em mil pensamentos e vontades contraditórias. Seguir um coração assim é viver à deriva, indo para trás, não para frente, pois quem caminha sem Deus ou contra Deus caminha para trás, afastando-se do sentido da vida.
3. Interessante que o Senhor sabe que Seu povo é duro, teimoso de coração e, mesmo assim, insiste em falar-lhe pelo Seu Profeta. O senhor ainda crê em nós, ainda espera pela sua e a minha conversão! Quem dera, nesta Quaresma iniciássemos realmente a mudança é o conserto de algum aspecto mais sério da nossa vida, algum aspecto em que estejamos sendo infiéis ao Senhor!
4. Finalmente, a trágica consequência do pecado, do fechamento teimoso ao Senhor: Ele Se cala, oculta-Se da nossa vida: já não é para nós e nós não somos para Ele. É o fim da aliança, da vida espiritual; é a Morte, aqui numa vida sem sentido nem rumo e, depois, num Inferno sem fim...
Reze o Salmo 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro Irmão, serão aceitos comentários que não sejam ofensivos nem desrespeitosos.