segunda-feira, 2 de março de 2015

Retiro quaresmal - segunda-feira da II semana

Assim fala o Senhor: 21“Se o ímpio se arrepender de todos os pecados cometidos, e guardar todas as Minhas leis, e praticar o direito e a justiça, viverá com certeza e não morrerá. 22Nenhum dos pecados que cometeu será lembrado contra ele. Viverá por causa da justiça que praticou.

24Mas, se o justo desviar de sua justiça e praticar o mal, imitando todas as práticas detestáveis feitas pelo ímpio, poderá fazer isso e viver? Da justiça que ele praticou, nada mais será lembrado. Por causa da infidelidade e do pecado que cometeu, por causa disso morrerá (Ez 18,21-22.24).

Palavras tão antigas, estas o Profeta Ezequiel!

Podem parecer óbvias, mas trazem alguns importantes aspectos para nosso caminho quaresmal.

Primeiro, aparece claramente que nossa vida é sempre aberta diante do Senhor: podemos sempre confirmar ou não a nossa opção fundamental! Dito de outro mod: ser cristão é uma decisão que se toma uma vez por todas e, ao mesmo tempo, deve ser renovada a cada dia, em cada nova situação!

Eu posso pendurar num quadro de parede meu certificado de Batismo, mas não posso garantir que serei um fiel discípulo de Cristo até a morte! A cada dia, em cada escolha, do modo como me posiciono concretamente ante situações, pessoas, gestos, confirmo e fortaleço ou obscureço e nego, até renegar minha adesão ao Senhor!

Olhando seu modo de viver, observando suas atitudes e escolhas, ações e reações, procure responder sinceramente: você tem avançado ou regredido na sua adesão e seguimento ao Cristo Senhor nosso?

Segundo. A palavra que o Senhor nascido por meio de Ezequiel deixa claro que, diante de Deus, ninguém fica preso ao seu passado, muito menos a um erro ou pecado que tenha cometido. Seja qual for nossa história, poderemos sempre dizer: "Senhor da minha vida, o Teu amor faz-me recomeçar! Tu não me prendes ao meu passado, mas me apelas no presente e convida-me a construir um futuro Contigo!"

Pense bem: você continua disposto a recomeçar mais uma vez seu caminho com o Senhor? Ele não se cansa nunca de você! "Eis o que recordarei ao meu coração e por que eu espero: as misericórdias do Senhor não terminaram, suas compaixões não se esgotaram; elas se renovam todas as manhãs: grande é a Sua fidelidade!" (Lm 3)

Terceiro. Nossa relação com o Senhor não é um acúmulo de méritos e benfeitorias! É uma relação pessoal, dinâmica e viva! Sou sempre desafiado a amá-Lo, a ter para com Ele um coração aberto, disponível, generoso, encantado, piedoso, obediente! Se a relação amorosa morrer, todas as obras ficam mortas, são um esqueleto sem vida: quem ama não calcula; o amor supera o cálculo!

Pense: Como é sua relação com o Senhor: generosa, amorosa, intima, fecunda ou, ao invés, formal, contábil, fria, interesseira?

Reze o Salmo 102/103

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro Irmão, serão aceitos comentários que não sejam ofensivos nem desrespeitosos.